sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Tirar direta e intencionalmente uma vida humana inocente por meio do aborto é assassinato

Pastor Rick Warren declara que plano de Obama de tornar aborto “legal” e “raro” é contraditório

Peter J. Smith
LOS ANGELES, EUA, 10 de dezembro de 2009 (Notícias Pró-Família) — O proeminente evangélico Pr. Rick Warren, autor do livro imensamente popular “Uma Vida com Propósito”, diz que está orando pelo presidente Barack Obama à medida que ele se dirige à questão da crise econômica e da reforma do sistema da saúde dos EUA. Contudo, ele diz que a posição do presidente de manter o aborto “raro” realmente depende da premissa contraditória de que toda vida começa na concepção.
Warren fez seus comentários durante uma participação de 29 de novembro no programa Meet the Press, dizendo que 36 anos de aborto legal desde a decisão Roe v. Wade de 1973 criaram um “holocausto” real.
“46 milhões de americanos não estão aqui hoje. Aqueles que poderiam estar aqui desde Roe v. Wade, que não estão votando”, disse Warren. “Penso que a inocência é um holocausto”.
Warren disse que é verdade que os americanos precisam “ir além dos xingamentos e encontrar afinidades”. No entanto, ele disse que não compreendia como se poderia chegar a tal afinidade mantendo leis irrestritas de aborto e ao mesmo tempo se envolvendo com iniciativas para torná-lo “raro”.
“Olha, ou você crê que é vida ou não”, disse Warren. “Por que você creria que o aborto tem de ser raro?”
“Se um bebê, um feto não é vida, então por que restringi-la?” indagou Warren retoricamente.
Durante a eleição presidencial de 2008, Warren recebeu como convidados tanto o presidente Obama como seu oponente o Senador John McCain para um debate em sua Igreja Saddleback na Califórnia. Quando Warren perguntou ao presidente em que ponto os bebês no útero têm direitos, Obama fez o famoso gracejo de que a resposta estava “muito além do que posso responder”.
O presidente Obama mais tarde escolheu Warren para fazer a oração formal em sua posse de janeiro — uma decisão que enfureceu os ativistas homossexuais que rotularam o pastor evangélico como apoiador da Proposta 8 na Califórnia. Líderes pró-vida também se preocuparam com o fato de que a participação de Warren na posse pareceria como um apoio pró-vida e evangélico a Obama.
Contudo, embora Warren tenha inicialmente apoiado a Proposta 8 (uma medida para proibir o “casamento” de mesmo sexo na Califórnia), ele rapidamente deu meia-volta quando o assunto se tornou fonte de controvérsia pública. Desde então, ele se distanciou completamente das batalhas em favor do casamento e declarou que não interviria se a medida para restaurar o “casamento” de mesmo sexo fosse novamente colocada para votação — uma posição que foi muito criticada por desapontados líderes pró-vida.
Warren, porém, tem um forte histórico de defender o direito à vida e foi um dos signatários de um documento católico e evangélico conjunto intitulado “Para que Eles Tenham Vida”. Essa resolução defendeu que os cristãos autênticos têm a obrigação de cuidar dos mais vulneráveis da sociedade, e definiu que qualquer ação para tirar deliberadamente uma vida humana inocente — inclusive por meio do aborto — é assassinato.
O documento declara: “Compreendemos de forma correta que tirar direta e intencionalmente uma vida humana inocente por meio do aborto, eutanásia, suicídio assistido e pesquisas com células embrionárias é assassinato”.
Veja a cobertura relacionada de LifeSiteNews.com:
Baptist Seminary Prez Albert Mohler Dismayed by Rick Warren About-Face on Homosexual "Marriage"
http://www.lifesitenews.com/ldn/2009/apr/09041414.html
HLI Challenges Pastor Warren's Participation in Obama Inauguration
http://www.lifesitenews.com/ldn/2008/dec/08121909.html
Joint Evangelical and Catholic Document on Abortion calls it Murder
http://www.lifesitenews.com/ldn/2006/oct/06102305.html
Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com
Veja também este artigo original em inglês: http://www.lifesitenews.com/ldn/2009/dec/09121007.html
Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Notícias Pró-Família”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para “NoticiasProFamilia.blogspot.com”. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família o LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gentileza não escrever em LETRA MAIÚSCULA. Por favor, respeite. Palavrões, ofensas e coisas do gênero não serão aceitos. Muito obrigado. Deus o abençoe.