quinta-feira, 18 de março de 2010

Pela libertação dos presos políticos de Cuba

Via Blog do Reinaldo Azevedo



Candle in the dark


Pela libertação imediata e sem condições de todos os presos políticos das prisões cubanas; pelo respeito ao exercício, promoção e defesa dos direitos humanos em qualquer parte do mundo; pelo decoro e o valor de Orlando Zapata Tamayo, injustamente preso e brutalmente torturado nas prisões cubanas, morto após greve de fome por denunciar estes crimes e a falta de liberdade e democracia no seu país; pelo respeito à vida dos que correm o risco de morrer como ele para impedir que o governo de Fidel e Raul Castro continue eliminando fisicamente aos seus opositores pacíficos, levando-os a cumprir condenações injustas de até 28 anos por “delitos” de opinião; pelo respeito à integridade física e moral de cada pessoa, assinamos esta carta, e encorajamos a assiná-la também, a todos os que elegeram defender a sua liberdade e a liberdade dos outros.
*
O manifesto acima está correndo o mundo, em vários idiomas, pedindo a liberação dos presos políticos cubanos. Já assinei. Se você quiserem assinar, cliquem
aqui.
Vocês devem ter visto ontem ao espetáculo de truculência da polícia política cubana e dos comuno-fascistas de Fidel e Raúl Castro contra as mulheres que pediam a liberdade e democracia.
Estamos moralmente obrigados a entrar nessa luta, especialmente depois que Lula deixou claro que, para ele, não há diferença entre presos políticos e bandidos. Vamos demonstrar que nós sabemos distinguir bandidos de políticos.
-------------
Eu também já assinei.

Fonte: Blog "Dois em Cena"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gentileza não escrever em LETRA MAIÚSCULA. Por favor, respeite. Palavrões, ofensas e coisas do gênero não serão aceitos. Muito obrigado. Deus o abençoe.