quinta-feira, 13 de maio de 2010

Adoração a Jesus e o espírito de Jezabel

Texto do Apóstolo Dr. Rony Chaves


Deus é muito severo contra aqueles que se deixaram usar por satanás com esse espírito de controle – jezabel.
Apesar de sua misericórdia também se estender para dar-lhes a oportunidade de arrependimento.  

"E dei-lhe tempo para que se arrependesse da sua prostituição; e não se arrependeu" (Apocalipse 2:21)

O juízo para esse espírito (jezabel) e para seus seguidores, é terrível!

"Eis que a porei numa cama, e sobre os que adulteram com ela virá grande tribulação, se não se arrependerem das suas obras." (Apoc 2: 22)

Ao levantar-se adoração a Deus em todas as nossas nações, o juízo do Senhor virá sobre o espírito de jezabel e seus seguidores. Adoração é a chave!

Formas de operar do espírito de jezabel

Através da história de Israel, aprendemos a conhecer a forma de operar desse espírito demoníaco. A história vivida por Elias, Acabe, Jezabel e o povo hebreu nos dá uma idéia clara da habilidade de satanás para controlar o povo de Deus. Também a Bíblia nos ensina paralelamente como YHWH usa a seus profetas para destruir o poder babilônico desse espírito de controle de autoridade. A história completa está registrada em 1 Reis, do capítulo 16, verso 29 até o capítulo 22.

1.Notemos que Acabe era um rei legítimo de Israel; ele não era um usurpador. Ele representa a autoridade constituída. Jezabel fará aliança com ele para tomar o controle.
Esta é sua maneira de operar entre nações e igrejas: enreda a liderança principal com pactos, contratos ou alianças. Uma vez controlada a posição de autoridade, ela atacará todo mover profético representado pelos profetas e por Elias:

"E fez Acabe, filho de Onri, o que era mau aos olhos do Senhor, mais do que todos os que o antecederam. E, como se fosse pouco andar nos pecados de Jeroboão, filho de Nebate, ainda tomou por mulher a Jezabel, filha de Etbaal, rei dos sidônios, e foi e serviu a Baal, e o adorou" (I Reis 16:30,31)


2. Estas são as principais formas de agir que caracterizam o espírito de jezabel ou seja, espírito de "controle de autoridade".
1. Sempre fará aliança com a liderança principal (I Reis 16:31).
2. Perseguirá os profetas de Deus (I Reis 19:1-2).
3. Atacará o mover profético (1 Reis 18:13)
4. Tratará de destruir as "Companhias de Profetas" (I Reis 18:4)
5. Levantar-se-á contra a unção profética.
6. Atacará a verdadeira adoração a YHWH para promover o culto babilônico (a baal e ao homem) (I Reis 16:32).
7. Provocará a ira de Deus (1 Reis 16:33).
8. Mobilizará pactos ocultistas e altares nos lugares altos.
9. Atacará o verdadeiro sacerdócio de Deus e estabelecerá no poder sacerdotes falsos.
10. Lançará sobre o povo de Deus perseguição e temor.
11. Envolverá a nação ou o povo em corrupção (I Reis 21).
12. Estabelecerá o roubo governamental (I Reis 21:7-11)
13. Manifestará claramente o abuso de autoridade (I Reis 21:12-16).
14. Praticará o controle ou a manipulação da autoridade genuína (I Reis 12:8).
15. Levará ao território a injustiça e a mentira (I Reis 12:13).
16. A libertinagem será expandida com sua operação (I Reis 18:19).
17. Aumentarão também o homicídio e a promiscuidade (I Reis 19:9).

Adoração anula o poder de jezabel
A grande batalha do espírito de jezabel é pelo coração do povo para que adorem a satanás (baal) ou à falsa rainha do céu (astarote). Sua intenção é controlar o povo para levá-lo à idolatria e ao paganismo.
Seu modelo babilônico e infernal de adoração pagã é quebrado pela adoração a Deus sob o mover profético direcionado pelos profetas do Senhor.
Satanás teme a verdadeira adoração e o fresco mover do Espírito Santo!

O espírito de jezabel produz o operar de:
1. Juízo divino (I Reis 17:1).
2. Seca na terra (I Reis 17:7).
3. Seca espiritual ao morrerem os profetas (I Reis 18:4).
4. Fome natural e espiritual (I Reis 18:2).
5. Confusão e religiosidade entre o povo de Deus (I Reis 18:20-21)
6. Domínio do ímpio sobre o justo (I Reis 16:30).
7. Carência da Palavra profética e de profetas (I Reis 18:22).
8. Ausência da presença de Deus (I Reis 18:41-43).

Sua derrota redundará em:

1. Juízo sobre baal e os falsos deuses (I Reis 10:18-30)
2. Juízo sobre os falsos profetas e falsos sacerdotes (I Reis 18:40).
3. Juízo sobre jezabel e o espírito de controle (II Reis 9:30-37).
4. Juízo sobre Acabe e a liderança pecadora (I Reis 18:17-18 y 19:35-40).
5. Atividade e mover proféticos (I Reis 18:45-46).
6. Intercessão e visão fresca (I Reis 18:42).
7. Chuva apostólica e cobertura (I Reis 18:41-44).
8. Presença Divina (I Reis 18:39).
9. Manifestação do Reino (I Reis 18:1; 38-39).
10. Fogo do Espírito Santo (I Reis 18:38).
11. Humilhação e arrependimento (I Reis 18:39).
12. Restauração dos Profetas (I Reis 18:36-38).

Restauração do Altar de Deus

A vitória de Elias ante os profetas falsos de baal e astarote teve seu fundamento em várias coisas dignas de serem levadas em conta para derrotar os espíritos babilônicos e de jezabel. Vejamos:
1. A voz de YHWH chamando à batalha (I Reis 18:1).
2. A Palavra Profética dando direção e valor (I Reis 18:19-24).
3. A Restauração do Altar de Deus com 12 pedras, segundo as tribos de Israel. Isto representa duas coisas:

1. Restauração do modelo de Governo Apostólico entre o povo de Deus
2. Restauração do louvor e da adoração em unidade (I Reis 18:30-31).
4. A Restauração da Santidade na Casa de Deus, representada pelo sulco de separação ente o altar e o povo (I Reis 18:32).
5. A operação do Ministério do profeta, figurado em Elias (I Reis 18:33-39).

A Adoração traz a Restauração do Senhor à Sua casa e o juízo contra satanás!
  
 
Um Abraço
Pr. Rodrigo Avellar
www.comunidadedoreino.com


>> 17/Julho/10 - "Diante do Trono" - Parque do Peão - Barretos SP <<

BRASIL - SÃO PAULO - BARRETOS
TERRA DO AVIVAMENTO - TERRA DA ADORAÇÃO AO ÚNICO SENHOR, JESUS CRISTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gentileza não escrever em LETRA MAIÚSCULA. Por favor, respeite. Palavrões, ofensas e coisas do gênero não serão aceitos. Muito obrigado. Deus o abençoe.