terça-feira, 18 de maio de 2010

Líbia, um milagre da sobrevivência

Localização: Norte da África
Capital: Tripoli
Idioma: Árabe (oficial)
Religião: Islamismo (96,4%), outras 3,4%, sem religião 0,2%.
Restrições: Nenhuma forma de testemunho cristão para os cidadãos líbios é permitida.

A Líbia é conhecida como um estado laico, ou seja, que não sofre influência ou controle por parte da igreja, mas suas lideranças prestam grande apoio ao islamismo. O governo exige respeito às normas e tradições muçulmanas e a submissão de todas as leis à sharia (lei islâmica). Assim, nenhuma forma de evangelismo aberto é possível, sendo que o último posto missionário avançado foi fechado na década de 60. Existe uma crescente liberdade dos estrangeiros, mas os líbios estão fora dos limites do evangelismo. Para os obreiros estrangeiros, insatisfeitos com essa dura forma de contenção do cristianismo, a tentativa de evangelismo aberto pode ser extremamente perigosa, devido às redes da polícia secreta.

Atualmente, a Líbia tem o primeiro melhor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do continente africano, e um dia antes de ter sido eleita para integrar o Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) – apesar de ter deixado muitas organizações desapontadas com a integração – o país passou por uma terrível tragédia. No dia 12, um avião que saiu de Johannesburgo, na África do Sul, se chocou no chão ao tentar pousar no aeroporto de Tripoli, capital do país. O destino dos 104 passageiros e tripulantes, sendo maioria ingleses e holandeses, era o aeroporto de Gatwick, em Londres, mas apenas um menino holandês de 9 anos sobreviveu milagrosamente ao acidente. O Airbus se despedaçou na queda e destroços se espalharam por uma grande área, mas, graças ao favor e misericórdia de Deus, o menino Ruben Van Assouw fez uma cirurgia de reparação dos ossos das pernas que foram quebradas. Ruben continua hospitalizado, mas seu estado de saúde é estável.

Oremos, pois, pela Líbia:
- Para que Ruben Van Assouw se recupere após esse processo tão traumático; pelos familiares das vítimas do acidente, para que sejam confortados nesse momento tão sofrido; pela abertura religiosa, para que o evangelho de Cristo possa ser anunciado e proclamado no país, e que muitas vidas sejam salvas; pelos estrangeiros que pregam o evangelho mesmo sob tantas dificuldades e riscos de vida; para que a censura e opressão acabem; e, também, para que muitos missionários sejam levantados para levar a Palavra e o amor de Deus ao povo líbio.

Ligue para a Secretaria de Missões da nossa igreja: (31) 3429-9500, ramais 221 ou 226 – fale com Regina Soares.



::Por Thalita Daher - thalitadaher@lagoinha.com

Redação Lagoinha.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gentileza não escrever em LETRA MAIÚSCULA. Por favor, respeite. Palavrões, ofensas e coisas do gênero não serão aceitos. Muito obrigado. Deus o abençoe.