quinta-feira, 10 de junho de 2010

Peregrinação: tribulações e surpresas

Julio Severo      
Muitas pessoas me escrevem perguntando: Como tem sido sua vida agora fora do Brasil?
Minha resposta é que no caminho estamos encontrando surpresas do Senhor Jesus.
Uma grande bênção para nós foi conhecer uma senhora japonesa idosa chamada Shigeko. Na hora do louvor e adoração, Shigeko ia ao meio da igreja dançar diante de Deus! Quanta alegria!
O chamado que Deus colocou no coração dela é orar por Israel. E por esse chamado, ela faz sacrifícios. Para poder permanecer em Israel orando, ela teve a estratégia de obter o visto de estudante, que ela usa para cumprir seu chamado especial diante de Deus. Uma estudante bem idosa, aprendendo hebraico e orando por Israel! Só Deus pode fazer uma coisa maravilhosa assim.
A pergunta então é: Deus está ouvindo as orações pelos judeus, que parecem estar tão duros e espiritualmente tão distantes?
Nas nossas viagens, conhecemos também um jovem judeu chamado Benjamin, neto de rabinos. Ele e toda a sua família eram da Etiópia, na época em que esse país africano estava sendo duramente castigado por uma fome devastadora que matou milhares de vidas. Na tentativa de ganhar a guerra civil na pobre nação, as guerrilhas comunistas queimavam as plantações, deixando a população a mercê da fome e provocando uma das piores crises de fome generalizada que o mundo já viu.
Contudo, Israel com seu formidável exército resgatou os etíopes que tinham tradição judaica de muitas centenas de anos. A família de Benjamin foi uma das resgatadas. Benjamin foi levado para Israel bem criança, mas pouco tempo depois, quando ele tinha aproximadamente dez anos, Jesus apareceu para ele, e ele se converteu!
Hoje ele viaja o mundo inteiro pregando o amor de Jesus. Ele continua recebendo visitações sobrenaturais de Jesus e é testemunho do que Deus está fazendo entre os judeus em resposta às orações.
Por mais simples ou sacrificial que seja o esforço para orar por Israel e pelos judeus, o fato é que em resposta às orações Jesus está visitando Israel e os judeus. Algum dia, quando houver mais orações de cristãos, um número muito maior de judeus se voltará para Jesus.
Eu e minha família enfrentamos muitos desafios e tribulações em nossa peregrinação no exterior, mas Deus está nos mostrando muitas coisas. Tivemos oportunidade de visitar uma igreja judaica, onde o pastor, ao apresentar um bebê recém-nascido diante da igreja e diante de Deus, perguntou publicamente ao casal se eles estavam dispostos a criar a criança nos caminhos do Senhor, amando-a e disciplinando-a com vara mais tarde, conforme estava na Palavra de Deus. O casal respondeu afirmativamente.
A igreja estava cheia de crianças! Em toda a minha vida, nunca vi uma igreja cristã com famílias tão numerosas. Quando mencionei esse fato ao pastor, ele respondeu que eles levavam a sério a posição de Deus, que considera como bênçãos filhos e o aumento da família.
Eu também lhe disse que ele era corajoso por ensinar sobre o uso da vara, pois qualquer membro que se tornasse descontente poderia denunciá-lo, já que a lei daquele pai havia sido modificada, por pressão socialista, para proibir toda disciplina física de crianças.
E Deus colocou no meu coração de lhe dizer que Ele ama também a justiça e que a igreja dele seria muito abençoada por ser perseguida por amor à justiça de Deus.
Nossa caminhada trouxe o contato com esses preciosos irmãos em Cristo. Louvamos muito a Jesus pela vida da irmã Shigeko, do irmão Benjamin e do pastor da igreja judaica.
Numa reunião de pastores de uma grande cidade, o irmão Benjamin me chamou à frente junto com minha esposa, orou por nós e disse que Deus estava me enviando às nações.
As orações do povo de Deus têm eficácia. Portanto, ore por Israel. Ore pelos irmãos Shigeko e Benjamin. Ore também por Julio Severo e sua família.
Proeminente ativista pró-família Julio Severo foge do Brasil para escapar de acusações de “homofobia”
http://juliosevero.blogspot.com/2009/04/proeminente-ativista-pro-familia-julio.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gentileza não escrever em LETRA MAIÚSCULA. Por favor, respeite. Palavrões, ofensas e coisas do gênero não serão aceitos. Muito obrigado. Deus o abençoe.