sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

AS NOSSAS OBRAS ESTÃO CONSUMADAS

AS NOSSAS OBRAS ESTÃO CONSUMADAS

Salmos 119:89 diz:

"Ó Senhor, a tua palavra é eterna; ela

está firmada no céu".

É vital que entendamos que quando o Senhor diz que Sua

Palavra está firmada no céu, significa que tudo já está

consumado; tudo já está pronto. A Palavra de Deus já está

firmada no céu e esta é a nossa âncora. O fato dela não estar

estabelecida ainda nesta terra não chega a ser um problema,

pois se ela já está estabelecida no céu, este é o mais alto

nível que existe.

Em II Crônicas 20:15 vemos a história do rei Jeosafá. Israel

estava sendo atacado por um exército muito maior que si e

Jeosafá colocou o povo para orar. Ao buscarem ao Senhor, veio

uma Palavra de Deus como resposta à intercessão deles. "

Disse

ele: Dai ouvidos todo o Judá, e vós, moradores de Jerusalém,

e tu ó rei Jeosafá. Assim vos diz o Senhor: Não temais, nem

vos assusteis por causa desta grande multidão. Pois a peleja

não é vossa, mas de Deus".

Não é maravilhosa esta frase? Há

uma Palavra de Deus específica para você que já foi

estabelecida no céu.

II Crônicas 20:18,19: "

Jeosafá prostrou-se com o rosto em

terra, e todo o Judá e os moradores de Jerusalém lançaram-se

perante o Senhor e O adoraram. Então se levantaram os levitas

dos filhos dos coatitas, e dos filhos dos coreítas, para

louv

arem ao Senhor Deus de Israel, em alta voz". Esta foi a

reação de Jeosafá à Palavra de Deus. Que cena impressionante!

Todos, a partir do rei, em Judá e Jerusalém prostram-se com

rosto em terra por causa de uma Palavra de Deus. Mas não

apenas se prostraram, eles adoraram a Deus. A reação daquele

povo à Palavra de Deus foi adoração.

II Crônicas 20:20-22.

"Pela manhã cedo levantaram-se e saíram

ao deserto de Tecoa. Saindo eles, Jeosafá pôs-se em pé e

disse: Ouvi-me, ó Judá, e vós moradores de Jerusalém. Crede

no Senhor vosso Deus, e estareis seguros; crede nos seus

profetas, e prosperareis. Tendo ele tomado conselho com o

povo, ordenou cantores para cantarem ao Senhor e o louvarem

por causa do esplendor da sua santidade, enquanto saíam na

frente do exército, dizendo: Rendei graças ao Senhor, pois o

seu amor dura para sempre. Quando começaram a cantar e dar

louvores, o Senhor pôs emboscadas contra os homens de Amom,

de Moabe e do monte Seir, que tinham vindo contra Judá, e

foram desbaratados".

Fixe a sua confiança no Senhor, pois a Palavra Dele já está

estabelecida no céu. Há um ingrediente na adoração que brota

como reação à Palavra do Senhor. Eles receberam uma Palavra e

ao começarem a cantar e adorar, aquela Palavra começou a se

espalhar por toda a terra. E aquilo que estava estabelecido

no céu, começou a ser manifestado na terra.

Eles receberam uma Palavra, e adoraram. A adoração

significava a confiança deles por saberem que a Palavra de

Deus já estava firmada. O que mais precisamos fazer? A

Palavra já está estabelecida. Não precisamos sair para lutar,

mas apenas confiar no Senhor.

À medida que a Palavra é estabelecida em nós e na nossa

adoração, algo interessante começa a acontecer. Ela começa a

brotar de nós, a se espalhar e a ser estabelecida em toda a

terra. Na nossa adoração está contida a Palavra que está

estabelecida no céu. Nós estamos nos movendo como uma escola

de profetas e a nossa adoração vai além de gratidão ou

confiança. Ela carrega a Palavra do Senhor por toda a terra e

começa a fazê-la acontecer.

A nossa adoração não vai ficar dentro de quatro paredes. A

nossa adoração vai fluir de dentro de nós e nela estará

contida a Palavra do Senhor. Quando nós cantamos que Ele é o

Senhor sobre toda a terra e sobre os mares, não estamos

apenas glorificando a Ele, e nem simplesmente cantando uns

para os outros. Como uma escola de profetas estamos

literalmente emanando uma força que estabelece a Palavra do

Senhor sobre toda a terra.

Ao cantarmos, não é apenas uma música. É a Palavra de Deus.

Ele é o Senhor e isso já está estabelecido no céu e a nossa

adoração espalha essa verdade por toda a terra. Nós temos

que entender que tudo o que Ele fez já está consumado.

 

Hebreus 4:3. "

Ora, nós os que temos crido, entramos no

descanso, tal como disse: Assim jurei na minha ira que não

entrarão no meu descanso. Contudo as suas obras foram

acabadas desde a fundação do mundo".

Uma coisa é compreender que a palavra de Deus está firmada e

estabelecida nos céus; outra coisa é colocar essa verdade na

perspectiva de que a Palavra Dele já está consumada desde a

fundação do mundo. Isso nos projeta a uma perspectiva muito

interessante de tempo e espaço no nosso relacionamento com o

Senhor.

Nós achamos que o Senhor está falando uma Palavra hoje a qual

é para nós agora. Isso é verdade sim, mas ao fazermos isso

perdemos o conceito de que a Palavra está consumada deste a

fundação do mundo. Essa perspectiva deve nos conduzir a um

entendimento muito maior do nosso papel e a uma confiança

plena de que tudo o que Ele falou vai se cumprir.

Muito além do que pensamos, os acontecimentos históricos são

resultados de uma Palavra de Deus. Muitas vezes em nossas

mentes, por causa da nossa percepção de tempo e espaço,

pensamos que preparação é algo separado da execução da

Palavra Dele. Por isso lutamos constantemente para trazer à

luz aquilo que já está consumado. A verdade é que a

preparação das eras pela Palavra de Deus e a execução que

traz a Palavra para um nível físico e visível são a mesma

coisa. É por isso que Ele nos diz para entrarmos no Seu

descanso. Entrar no descanso Dele é saber e experimentar que

o que Ele disse já está feito e consumado. Ainda que não

esteja visível aos nossos olhos, já está feito.

Apocalipse 13:8.

"E todos os que habitam sobre a terra a

adorarão, esses cujos nomes não estão escritos no livro da

vida do Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo".

Nós vemos a vinda de Cristo à terra como um evento histórico,

só que na verdade Ele é o Cordeiro que foi morto desde a

fundação do mundo. É difícil para nossas mentes entenderem

isso, mas essa é a verdade. Foi importante que Ele viesse à

terra, se tornasse a Palavra em carne, habitasse entre nós e

morresse na cruz por nossos pecados, mas isso já havia sido

consumado bem antes. De acordo com Hebreus 4, as obras de

Deus foram acabadas desde a fundação do mundo. A nossa

salvação foi uma obra consumada por completo antes mesmo de

Cristo vir à esta terra. A Palavra com a qual lidamos, está

estabelecida nos céus. Estabelecida significa acabada,

consumada. Já está feito.

Hebreus 9:24-26. "

Pois Cristo não entrou em santuário feito

por mãos, figura do verdadeiro, porém no mesmo céu, para

comparecer, agora, por nós, perante a face de Deus. Nem

também entrou para se oferecer a si mesmo muitas vezes, como

o sumo sacerdote entra, de ano em ano, no Santo dos Santos

com sangue alheio. De outra forma, necessário lhe fora

padecer muitas vezes desde a fundação do mundo. Mas agora, na

consumação dos séculos, uma vez por todas se manifestou, para

aniquilar o pecado pelo sacrifício de si mesmo".

Ele não

sofreu muitas vezes, mas somente uma: quando executou aquilo

que já estava estabelecido desde a fundação do mundo.

Mateus 6:9,10. "

Portanto, vós orareis assim: Pai nosso que

estás nos céus, santificado seja o teu nome, venha o teu

reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu".

Nessa passagem, o Senhor deu aos Seus discípulos a maior

revelação de quem eles eram. Eles eram aqueles que estavam

trazendo à luz nesta terra tudo o que já havia sido

manifestado nos céus.

Depois de Sua morte, Cristo subiu ao céus. No momento, em

certo sentido, a nossa salvação Se encontra nos céus, sentada

à direita do Pai. Tudo o que foi consumado também continua a

existir no céu, só que tudo isso já foi feito desde a

fundação da terra. Ele é o Cordeiro que foi morto desde a

fundação do mundo. Ele também era a Palavra que foi

estabelecida. Quando Cristo ensina Seus discípulos a orar,

dizendo: "Venha o Teu reino e seja feita a Tua vontade, assim

na terra como nos céus", nós nos confundimos achando que as

coisas ainda não estão feitas.

Quando Cristo estava na terra havia Nele uma atitude, quase

uma arrogância, que era na verdade uma confiança fora do

normal. Era o entendimento que Ele tinha de que tudo já

estava feito e, portanto, Ele não precisava ficar lutando

para fazer algo acontecer. Ele simplesmente vivia no descanso

do Pai. Ele não vivia lutando para fazer algo acontecer. Nós

pensamos inteiramente diferente da forma como Ele pensava.

Você se lembra do diálogo com João no batismo Dele? Ele disse

a João Batista: "Você tem que me batizar, pois já está

feito".

Se Ele não completasse aquilo que já havia sido consumado,

seria uma violação do que já havia sido feito. "Eu vim para

fazer as obras do meu Pai". E o Pai disse: "As minhas obras

já estão consumadas". Ele não estava inventado as coisas que

Ele estava fazendo. Ele não estava aqui tentando descobrir o

que fazer no dia-a-dia. Ele só fazia as obras Daquele que O

havia enviado. Ele andava naquilo que já havia sido

completado.

Nós lutamos constantemente para entrar na vontade de Deus,

mas tudo o que temos que fazer nesta terra, já está feito. Só

que nós não vemos dessa forma. Tudo o que temos que fazer é

entrar no descanso Dele. O descanso vem da revelação de que

nós estamos executando aquilo que já foi feito, até que

consigamos entender e crer que estamos aqui, neste momento,

caminhando naquilo que devemos mas as nossas obras estão

acabadas. As nossas obras estão consumadas, da mesma forma

como as obras de Cristo o foram.

Senhor, nós precisamos da Sua ajuda, pois tudo isso está

longe demais da nossa realidade. Por isso a nossa missão

parece tão difícil! Cada um de nós é muito especial e, como

filhos de Deus, temos um destino no coração Dele, da mesma

forma que Jesus o tinha.

Efésios 2:8-10 "Pois é pela graça que sois salvos, por meio

da fé – e isto não vem de vós, é dom de Deus – não das obras,

para que ninguém se glorie. Pois somos feitura sua, criados

em Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus preparou

para que andássemos nelas".

Estamos aqui na terra para fazer as boas obras de Deus, mas

estas obras foram criadas desde a fundação do mundo. Esta

palavra é parte das obras Dele, e só porque você a esta lendo

agora não significa que ela seja uma novidade para Deus. Ela

também é parte do que está consumado.

Quanto mais rápido começarmos a fazer estas obras que já

estão consumadas, mais rápido vamos entrar no descanso Dele.

Nós somos aqueles que se levantam e dizem: "Que a Sua vontade

seja feita aqui na terra como é feita no céu." Que cenário

maravilhoso que o Senhor tem para nós! Isso tudo parece

novidade para você? Mas não é. Vocês andarão nesta Palavra

também; já é algo consumado.

 

 Pr. Rodrigo Avellar

COMUNIDADE DO REINO


BRASIL: TERRA DO AVIVAMENTO - TERRA DA ADORAÇÃO AO ÚNICO SENHOR, JESUS CRISTO!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gentileza não escrever em LETRA MAIÚSCULA. Por favor, respeite. Palavrões, ofensas e coisas do gênero não serão aceitos. Muito obrigado. Deus o abençoe.