sexta-feira, 29 de abril de 2011

Linha aérea para Barretos Já - Leia Editorial Jornal O Diário de Barretos

Ontem comentávamos sobre esta urgente necessidade - uma linha aérea em Barretos. Creio que já possuimos condições para tanto!

Temos um excelente aeroporto e clientela ávida por esse serviço.

Abaixo editorial do jornal O Diário de Barretos:

 

EM BUSCA DE LINHA AÉREA PARA BARRETOS

-O caso é real e o estudante faz faculdade na capital paulista. A conta da empreitada rodoviária superou bem mais do que a passagem aérea de ida e volta São Paulo - Rio Preto.

A própria economia está operando a favor da eliminação do "medo de voar". Os gastos do transporte Barretos - São Paulo adquiriram "altitude" superior aos alcançados pelos produtos da Embraer. Um jovem universitário de administrativo encheu o tanque na 43, pagou todos os pedágios e parou para um pequeno lanche no trajeto. Correu riscos na Faria Lima, temeu assalto próximo a Campinas e escampou de um acidente na Bandeirantes. Pouco depois recebeu na segunda-feira aviso de multa do excesso de velocidade. Na terça-feira chegou um segundo aviso de multa pelo mesmo motivo, em outro trecho da rodovia. Ficou "pendurado" na soma dos "pontos da carteira de motorista".

A razão vai além dos custos financeiros, chegando mesmo ao ponto cultural. Se não tem voos regulares, não se forma um "público" interessado. Então, é necessário construir "viajantes aéreos" para então, atrair as companhias existentes no segmento.

-Difícil elaborar um plano capaz de contornar o sistema capitalista com foco somente em aspectos sociais e humanos.

Enquanto o país debate a necessidade inadiável de modernização dos aeroportos – em função da Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016 – a cidade continua imaginando um planejamento estratégico capaz de colocar mais do que "urubu" no céu. A dificuldade é econômica, baseada na demanda de voos. Hoje, todo volume de passageiros está centrando em aeronaves particulares, nenhum em voo de carreira.

É preciso entender os motivos. A população de Rio Preto é quatro vezes maior que a de Barretos. No acumulado do "potencial de consumo regional", Rio Preto chega a 800 mil pessoas. Barretos deve atingir em torno de 200 mil. O caso de Ribeirão Preto abre uma distância ainda muito mais significativa. Os mesmos 200 mil contra uma estimativa em torno de 1,2 milhão da antiga capital do café.

-Os números mostram o potencial de transporte aéreo dos principais polos regionais em comparação com a terra de Chico Barreto.

O volume de Rio Preto no mês foi de 57.164 passageiros, acumulando no período de janeiro a março um total de 133.727. Em Ribeirão Preto, 105.984 em março, 288.600 no trimestre.

Foram 221 passageiros em março e 643 no trimestre, utilizando o aeroporto barretense.

Com os avanços e conquistas do HC, a expansão da Unifeb, os projetos de Os Independentes e o Parque Tecnológico, tudo faz acreditar que o sonho dos serviços aéreos em Barretos possa ser viabilizado. Cabe pensar "mais alto".

 

Fonte: http://odiariodebarretos.com.br/editorial/index.php



http://www.novotempoagora.ganhardinheiroagora.com/
Twitter: http://twitter.com/andrermendonca
Blog Novo Tempo: http://novotempoagora.blogspot.com/
BRASIL: TERRA DO AVIVAMENTO - TERRA DA ADORAÇÃO AO ÚNICO SENHOR, JESUS CRISTO!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gentileza não escrever em LETRA MAIÚSCULA. Por favor, respeite. Palavrões, ofensas e coisas do gênero não serão aceitos. Muito obrigado. Deus o abençoe.