quinta-feira, 21 de julho de 2011

O trânsito em Barretos. Vida ou morte?

A FROTA COMO INSPIRAÇÃO TRANSFORMADORA


A frota de veículos cresceu 3,9% em 2011. O número de veículos em circulação atingiu em junho o total de 66.923 unidades. Barretos fechou 2010 com 18.500 motocicletas. Em junho de 2011, a frota totalizou 19.235 motos.
O desenvolvimento econômico e social tem impulsionado a evolução do número de veículos na cidade. Sem contar os carros de outras regiões em circulação no município, são 33.731 registrados no Chão Preto.
Os fluxos de motores roncando nas vias públicas e artérias comunitárias provocaram transformações sociais e culturais. O retrato econômico permite "facilidades de aquisições" do "veículo de transportes". O contexto social porém é o fator determinante. Porque existe pressa e limitação de tempo. Tudo acontece muito rápido e cumprir a agenda do cotidiano requer "facilidade de locomoção".
-A questão cultural revela que cada vez mais o cidadão motorizado adquire sensação de poder.
O pedestre tem dificuldades de caminhar em calçadas estreitas, sem conservação e desniveladas. O atravessar a rua é um risco e exercício de paciência e prudente, até mesmo nas faixas de segurança. O sinal vermelho pouco significado tem para muitos condutores, fazendo aumentar ainda mais a atenção do pedestre.
Em diversas cidades do planeta, os veículos congestionam as estradas, mas circulam com muitas restrições nas cidades. A movimentação é feita através de coletivos, de bicicletas e caminhadas. A cultura brasileira é diferente. São Paulo é o exemplo mais fiel de um colapso crescente, um caos anunciado e uma tragédia assustadora.
Em Barretos, o "guarda deitado" é anomalia requerida, ilegalidade indispensável, porque é fator de "alerta e comunicação". A falta de conservação do pavimento é outro fator agravante no cenário da imprudência. Mas nada é tão grave quanto a "ausência de uma postura de prudência" que assola o trânsito barretense.
-Como fazer para que o aumento de frota de veículos também provoque maiores cuidados na condução?
O desafio é imenso e continuado. A imprudência é crescente. O número de motoristas usando celular durante o exercício da direção é impressionante. Não é somente a questão da pressa e da ansiedade. A exibição é de enorme dose de irresponsabilidade, indiferença em relação ao próximo e uma sensação de egoísmo e poder.
O crescimento mensal da frota de veículos de modo geral e das motocicletas em particular no proceder barretense pede inspiração para um volante vivo, um despertar interior no coração para a se-gurança e olhar de respeito a vida em plenitude. Frota crescente significa mais educação no trânsito, mais consideração pelo próximo e mais calma e paciência.

 

Editorial - Jornal "O Diário de Barretos" - 21/07/11

Twitter: http://twitter.com/andrermendonca
Blog Novo Tempo: http://novotempoagora.blogspot.com/
BRASIL: TERRA DO AVIVAMENTO - TERRA DA ADORAÇÃO AO ÚNICO SENHOR, JESUS CRISTO!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gentileza não escrever em LETRA MAIÚSCULA. Por favor, respeite. Palavrões, ofensas e coisas do gênero não serão aceitos. Muito obrigado. Deus o abençoe.