quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Vacina HPV e A Nova Ordem Mundial



Vacina Gardasil Contaminada com DNA recombinante de HPV - Brasil Planeja Garantir Vacina Contra HPV "de Graça" Para Todas as Mulheres de 9-45 Anos


Gardesil e Mortes - rDNA

Na busca por respostas a respeito do porque que meninas estão sofrendo danos devastadores à saúde depois de serem injetadas com vacinas contra o HPV, a organização SANE Vax decidiu comprar frascos de Gardasil e testar em laboratório. Eles descobriram que mais de uma dúzia de frascos da vacina Gardasil estavam contaminados com DNA recombinante do vírus do papiloma humano (HPV). Os frascos foram adquiridos nos Estados Unidos, Austrália, Nova Zelândia, Espanha, Polónia e França, indicando que a contaminação da vacina Gardasil é um fenômeno global.

Isto significa que as adolescentes que são injetadas com essas vacinas estão sendo expostas à um perigo biológico – o rDNA de HPV. Na realização dos ensaios, o Dr. Sing Lee encontrou rDNA das cepas HPV-11 e HPV-18, que foram descritas como estando "firmemente ligadas ao adjuvante de alumínio".

O fato do alumínio também ser encontrado em vacinas deve ser alarmante por si só, já que o alumínio não deve ser injetado no corpo humano, porque é tóxico quando ingerido e, especificamente, danifica o sistema nervoso (vej aqui e aqui). Com a descoberta de que o adjuvante de alumínio também tinha fragmentos de DNA recombinante de duas cepas diferentes do vírus do papiloma humano, isto agora alcança o nível de risco biológico – mais para uma arma biológica do que algo que lembre medicamentos.

Como a SANE Vax explica em sua declaração, estes testes foram realizados depois que uma adolescente experimentou "artrite reumatóide grave após 24 horas" depois de ser injetada com uma vacina contra o HPV. Veja o relatório produzido pela SANE Vax.

DNA recombinante de Gardasil foi criado geneticamente

O DNA recombinante que foi encontrado na vacina Gardasil não é o rDNA "natural" do próprio vírus HPV. Pelo contrário, ele foi criado genéticamente através da utilização do código genético do HPV que é adicionado às vacinas durante a fabricação.

Veja o que disse Dr. Lee, o patologista que realizou testes laboratoriais para identificação do risco biológico de contaminação da vacina Gardasil:

"O DNA natural do HPV não permanece por muito tempo no sangue. No entanto, o DNA na vacina Gardasil não é "natural". Ele é um DNA recombinante do HPV (rDNA) – modificado geneticamente – e que é inserido em células de levedura, que são utilizadas para a produção de proteínas VLP (semelhantes ao vírus). O rDNA é conhecido por seu comportamento diferente do DNA natural. Ele pode entrar em uma célula humana, especialmente em uma lesão inflamatória causada pelos efeitos do adjuvante de alumínio, através de mecanismos pouco conhecidos. Uma vez que um segmento de DNA recombinante é introduzido em uma célula humana, as conseqüências são difíceis de prever. O RNA pode ficar na célula temporariamente ou ficar lá para sempre, causando ou não uma mutação. Agora, a célula hospedeira contem DNA humano bem como o DNA viral produzido geneticamente em laboratório".

Crianças inocentes estão sendo injetados com rDNA do HPV produzido geneticamente

O que tudo isto significa é que, por meio da vacina Gardasil, meninas inocentes estão sendo injetadas com o DNA recombinante do vírus HPV, e também que esta substância bio-infectante persiste no sangue. As implicações disso são bastante graves, como o Dr. Lee explicou acima.

A indústria de vacinas, é claro, tem uma longa e sombria história de vacinas contaminadas com o vírus causador de câncer e outros contaminantes. Veja este incrível vídeo (em inglês) do Dr. Hilleman, cientista da Merck, onde ele admite abertamente que as vacinas da pólio foram contaminados com SV40, um vírus que causa câncer.

O vídeo é intitulado "Cientista da Merck admite presença de vírus SV40 e AIDS em vacinas", e foi narrado pelo Dr. Len Horowitz. Você pode ver a transcrição completa da entrevista extraordinária neste link.

Se você pensou que as vacinas eram seguras, pense novamente. Aprenda, conheça a verdade, e por favor compartilhe esta história para que outros possam se informar.

Porque você acha que a indústria das vacinas solicita tão fortemente aos governos para ser mantida imune aos litígios e responsabilidade financeira quando uma vacina causa lesões em pacientes? Porque se você soubesse a verdade sobre como as vacinas causam autismo, câncer e até a morte, o prejuízo para essas empresas seria tão grande que eles poderiam desaparecer!

Aprovado o Orçamento para Projeto de Lei que Garante Vacinação Gratuíta Contra HPV para Mulheres de 9 a 45 anos

Enquanto isto no Brasil, a Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) aprovou em junho deste ano um projeto para que mulheres de 9 a 45 anos possam receber gratuitamente a vacina contra o HPV. Esta comissão foi a mesma que, conforme relatamos alguns meses atrás, aprovou uma bolada de 302 MILHÕES de reais para projetos contra a homofobia, e na mesma sessão cortou dois projetos para criação do centro do idoso e para combate à violência sexual contra crianças e adolescentes. Vemos que o histórico desta comissão é no mínimo suspeito.

O projeto de lei nº 238/2011 foi de iniciativa da senadora amazonense Vanessa Grazziotin, para a qual em fevereiro deste ano foi pedida a cassação pelo Ministério Público. Ela e seus suplentes foram acusados de abuso de poder econômico, compra de votos e captação, além de gasto ilícito de recursos de campanha nas eleições de 2010. Levando em conta os bilhoes de reais que serão entregues de bandeja aos laboratórios farmcêuticos, podemos imaginar que as intenções de vacinar grande parte da população feminina desta "nobre" senadora podem não ser das mais louváveis.

A vacina custa nas clínicas particulares brasileiras, de acordo com esta notícia, 600 reais. O tratamento completo, de três doses, pode chegar a 1.500 reais. Agora multiplique isto por uns 30 milhões, um número conservador de mulheres de 9-45 anos, e você tem uma noção do potencial de lucro que este negócio pode gerar.

Apenas para complementar, gostaria de lembrá-los deste artigo postado neste blog em 2009, intitulado "Acobertamente em Caso de Morte Por Vacina na Inglaterra", onde uma garota de 14 anos morreu após tomar uma vacina similar (a Cervarix), e a seguir foi emitido um relatório médico afirmando que ela morreu por causa de um tumor não diagnosticado, para tirar a culpa da vacina. Ainda este outro artigo do blog, "Expert em Remédios Diz Que Vacina para Câncer Cervical É mais Mortal Que O Próprio Câncer".

Veja a mais recente entrevista (em inglês) com o Dr. Russell Blaylock, neurologista que explica a fraude das vacinas e os perigos da vacina Gardasil:

Os perigos de Gardasil

Parte 2:

Nota: as imagens das meninas na imagem principal do artigo foi retirado do site da SANE Vax, que registra todos os casos de mortes ligadas à vacinas. Todas as meninas que aparecem nas fotos tomaram a Gardasil logo antes de morrer e suas histórias podem ser encontradas nesta página.

Cheque as fontes e deixe aqui sua opinião. Ou se preferir, venha discutir sobre o assunto no Fórum Anti-NOM.
Fontes:

Fonte: A Nova Ordem Mundial




Twitter: http://twitter.com/andrermendonca
Facebook: http://www.facebook.com/andrermendonca
Blog Novo Tempo: http://novotempoagora.blogspot.com/

BRASÍLIA, CAPITAL DA ADORAÇÃO - BRASIL, TERRA DO AVIVAMENTO
TERRA DA ADORAÇÃO AO ÚNICO SENHOR, JESUS CRISTO!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gentileza não escrever em LETRA MAIÚSCULA. Por favor, respeite. Palavrões, ofensas e coisas do gênero não serão aceitos. Muito obrigado. Deus o abençoe.