terça-feira, 4 de outubro de 2011

Igreja perseguida

 

Oito cristãos são presos por orar em local público

Oito cristãos são presos por orar em local público
Em um relatório sobre a liberdade religiosa internacional, publicado pela Secretaria do Estado dos EUA, diz que a Índia garante que protege a liberdade religiosa, mas em alguns estados existem leis que protegem o ato de perseguir os cristãos.

"Não parece haver trégua à onda de repressão aos cristãos. Esses oito cristãos não estavam fazendo nada inconstitucional, nem houve uma situação de desordem", disse Sajan K. George, presidente do Conselho Global de Cristãos Indianos (GCIC).

Ele esbraveja, contando outro caso de perseguição contra os cristãos em Andhra Pradesh, onde a polícia prendeu oito cristãos, que foram acusados por um grupo de ativistas do RSS (grupo hindu ultranacionalista) de praticar proselitismo.

Os oito cristãos, que pertencem à Igreja Brethen, estavam orando na rua. Cerca de cem extremistas hindus da RSS os cercaram, acusando-os de converter as pessoas à força.

A polícia tentou dispersar a multidão, levando os cristãos para a delegacia. Mas os ativistas cercaram a delegacia, forçando os policiais a prender os cristãos, conforme o código penal da Índia, no artigo 153/A (promover inimizade entre diferentes grupos em razão de religião, língua, raça ou origem).

"Os cristãos não violaram nenhuma lei, mas foram presos. Em vez disso, o grupo hindu causou agitação, perturbação da ordem pública e despertou sentimento de desconfiança contra os cristãos, mas continuam impunes", disse Sajan George.

Em um relatório sobre a liberdade religiosa internacional, publicado pela Secretaria do Estado dos EUA, diz que a Índia garante que protege a liberdade religiosa, mas em alguns estados existem leis que protegem o ato de perseguir os cristãos.

Atualmente, o GCIC realizou um comício em Nandagiri, Orissa, para lembrar os ataques violentos que ocorreram em Kandhamal em 2008. Nandagiri é uma colônia onde 54 famílias católicas e 17 evangélicas fugiram de suas aldeias, durante os ataques, enquanto estavam sendo reassentadas.

Fonte: Asia News


Missionário atacado com espadas é dado como morto



Um grupo de anticristãos, ávidos por sangue, atacou brutalmente um missionário sustentado pela Gospel for Asia com espadas e outras armas.

No dia 23 de setembro por volta das 20h30, o pastor Bashuda recebeu um telefonema de um dos membros da sua igreja pedindo oração. Ele pegou sua bicicleta e se dirigia para casa quando aconteceu o ataque.

Conforme Bashuda andava em sua bicicleta, notou um carro vindo em sua direção na estrada estreita e escura. Ele encostou para deixar o carro passar, mas, em vez disso, o carro parou e cinco homens furiosos foram atrás do missionário.

O pastor Bashuda tentou sair correndo, mas eles o pegaram e começaram a espancá-lo com espadas. O ataque brutal deixou Bashuda inconsciente.

Pensando que o cristão estivesse morto, o grupo de homens arrancou com o carro, deixando Bashuda à beira da estrada. Meia hora depois, um homem de bicicleta viu Bashuda e foi verificar se ele estava bem. Ele descobriu de qual povoado o pastor era e correu para encontrar ajuda.

Quando chegou ao povoado de Bashuda, ele chamou a primeira pessoa que encontrou, dizendo: "Um homem do seu povoado está gravemente ferido, caído na estrada".

Ele e os moradores se dirigiram ao local onde Bashuda estava caído, impotente. Quando os moradores reconheceram seu pastor, rapidamente o levaram ao hospital.
Bashuda está atualmente em estado crítico e precisa desesperadamente de orações. Por favor, ore para que o Senhor cure milagrosamente o pastor Bashuda de seus ferimentos, trazendo glória ao Seu poderoso nome. Ore também por seus agressores: que eles venham a conhecer o amor remidor de Cristo.

Fonte:

Luciano Max®



Twitter: http://twitter.com/andrermendonca
Facebook: http://www.facebook.com/andrermendonca
Blog Novo Tempo: http://novotempoagora.blogspot.com/

BRASÍLIA, CAPITAL DA ADORAÇÃO - BRASIL, TERRA DO AVIVAMENTO
TERRA DA ADORAÇÃO AO ÚNICO SENHOR, JESUS CRISTO!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gentileza não escrever em LETRA MAIÚSCULA. Por favor, respeite. Palavrões, ofensas e coisas do gênero não serão aceitos. Muito obrigado. Deus o abençoe.